ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Entrevista
12/02/2015 - 17:40:45
Entrevista com Gleide Souza, diretora de Relações Governamentais da BMW Group no Brasil
Por Juliana de Moraes e Matheus Medeiros
Foto: BMW/Divulgação

 

Em entrevista exclusiva ao portal do Sincodiv-SP, Gleide Souza, diretora de Relações Governamentais da BMW Group no Brasil, fala sobre o trabalho da empresa junto aos concessionários de veículos, as expectativas da produção da nova fábrica, localizada em Araquari (SC), e a ascensão das marcas premium no país.

“Acompanhamos com atenção o cenário atual e sabemos que as vendas no mercado automotivo, como um todo, desaceleraram nos últimos meses. Podemos afirmar, no entanto, que a empresa segue em expansão e que temos boas perspectivas em longo prazo, o que se evidencia na decisão do BMW Group de investir na instalação de uma fábrica no Brasil”.

Confira, a seguir, a íntegra da entrevista:

Sincodiv-SP Online: Emapresentação no último Congresso Fenabrave, o sr. Arturo Piñeiro, presidente da BMW, afirmou que o índice de retenção de clientes nas revendas da marca está acima da média nacional.  Na sua avaliação, o que possibilita uma relação mais duradoura com os clientes?

Gleide Souza: A BMW tem como foco garantir que o consumidor tenha a melhor experiência possível com os produtos e os serviços da marca. A empresa trabalha para entender as necessidades e os desejos dos clientes e se antecipar para atendê-los da melhor maneira possível.

Nossa rede de representantes comerciais é treinada constantemente para isso. Agilidade, eficiência e exclusividade são marcas do nosso atendimento ao cliente e as características responsáveis pelo aumento do índice de retenção nas revendas da BMW no Brasil.

Sincodiv-SP Online: Como a BMW trabalha junto aos distribuidores para ter o índice de qualidade dos serviços elevado?

Gleide Souza: A chave do sucesso é o investimento em treinamento e qualificação da nossa rede de concessionários.

O foco é sempre manter um elevado padrão de qualidade tanto no atendimento inicial quanto em Pós-Venda.

Sincodiv-SP Online: Segundo dados da Fenabrave, a BMW lidera o mercado premium. Como a marca pretende se consolidar na liderança e quais são as projeções para os próximos anos?

Gleide Souza: Acompanhamos com atenção o cenário atual e sabemos que as vendas no mercado automotivo, como um todo, desaceleraram nos últimos meses. Logo, evitamos fazer projeções.

Podemos afirmar, no entanto, que a empresa segue em expansão – assim como o restante do segmento premium – e que temos boas perspectivas em longo prazo, o que se evidencia na decisão do BMW Group de investir na instalação de uma fábrica no Brasil.

Sincodiv-SP Online: Quais as expectativas em relação à produção da fábrica de Araquari? E qual parcela deve ser voltada ao abastecimento do mercado interno?

Gleide Souza: Nossa fábrica terá capacidade instalada de 32 mil unidades ao ano (quando as atividades de soldagem e pintura estiverem plenamente operantes).

O BMW Série 3 e o BMW X1 já são fabricados na fábrica de Araquari, desde 30 de setembro de 2014 e 10 de novembro de 2014, respectivamente. Até o final de 2015, os modelos BMW X3, BMW Série 1 e MINI Countryman serão produzidos localmente. Inicialmente, todos os veículos produzidos em Araquari serão destinados ao mercado interno.

Sincodiv-SP Online: Em entrevista à revista Época Negócios, o sr. Arturo Piñeiro afirmou que foi construído, em Araquari, um simulador que recria a linha de montagem, onde os funcionários treinam para todos os processos. Até agora, qual é o balanço desse trabalho?

Gleide Souza: O investimento em capacitação antes da abertura de uma fábrica é padrão do BMW Group no mundo. Dessa forma, instalamos um centro de treinamento na cidade de Joinville, a 20 km de Araquari, onde os profissionais contratados foram capacitados para atuar na fábrica, mantendo os mesmos procedimentos e alta qualidade empregada pela marca ao redor do mundo.

O centro de treinamento conta com uma réplica da linha de montagem da fábrica, de modo que os profissionais contratados puderam ser treinados no método produtivo das demais unidades da BMW. Isso permitiu que, ao iniciarem suas atribuições, todos os profissionais da empresa estivessem plenamente capacitados.

Sincodiv-SP Online: Na sua avaliação, oque explica a ascensão das marcas premium no Brasil. E qual é o espaço de crescimento para o segmento?

Gleide Souza: Só no fechamento do primeiro semestre de 2014, as vendas no mercado de veículos premium cresceram 30% em relação ao mesmo período do ano passado, com 23.663 unidades comercializadas, representando 1,5% no total das vendas da indústria automotiva, 0,4% acima do share alcançado no mesmo semestre de 2013.

Fatores como o fortalecimento do mercado consumidor nacional nos últimos anos, o maior acesso a crédito e a implementação do programa federal Inovar-Auto, entre outros, contribuíram para aproximar o mercado consumidor de muitos modelos premium que antes pareciam intangíveis. O BMW Group Brasil enxerga um potencial grande de crescimento do segmento no País nos próximos anos.

Sincodiv-SP Online: Audi e Mercedes também anunciaram fábricas novas no Brasil. Mas, vocês estão chegando primeiro. O que avalia como vantagem e risco nesta posição?

Gleide Souza: Esse cenário reflete o pioneirismo do BMW Group e certamente é benéfico para nossas marcas, na medida em que estaremos cada vez mais próximos dos consumidores brasileiros e preparados para atender de maneira mais customizada suas necessidades antes que os nossos concorrentes.

Vale destacar que o amadurecimento do mercado consumidor e a crescente competitividade do segmento são aspectos saudáveis e necessários para melhor atender o consumidor brasileiro.

Sincodiv-SP Online: Qual a perspectiva em termos de crescimento do número de pontos de venda a partir de agora?

Gleide Souza: A expansão do BMW Group Brasil na última década e as boas perspectivas de crescimento no longo prazo se refletem no aumento do total de distribuidoras da marca operando no país.

Entre 2010 e 2014, o número de concessionárias BMW aumentou de 23 para 47. As unidades MINI foram ampliadas de 03 para 28. Por fim, o total de pontos de venda da BMW Motorrad cresceu de 11 para 38.

As previsões para este ano ainda estão em estudo pela direção da indústria, mas como mencionei, estamos otimistas quanto às perspectivas.

 

 

 

 

Produção e edição:
Moraes & Mahlmeister Comunicação

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.