ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Entrevista
15/06/2015 - 10:36:59
Entrevista com Raphael Almeida, professor do curso Vendas Web que acontecerá em Campinas, no dia 15/07
Por Matheus Medeiros e Renan De Simone
Divulgação

 

O Sincodiv-SP realiza, no dia 15 de julho de 2015, o curso Vendas Web na cidade de Campinas. O treinamento – que acontece das 9h30 às 18h30, no hotel Royal Palm Tower – tem vagas limitadas a 50 profissionais, colaboradores de empresas associadas e afiliadas ao Sindicato e está com inscrições abertas.

Em entrevista exclusiva para o portal do Sincodiv-SP, Raphael Almeida, especialista em comércio online e um dos professores do curso (ao lado de Rafael Cutait), fala sobre sua carreira profissional e os principais assuntos que serão abordados no treinamento.

Almeida também trata dos principais erros que as concessionárias cometem na conquista de seus clientes pela internet e a importância das fotos e vídeos nos anúncios de carros na web. Confira, a seguir, a íntegra da entrevista:

Sincodiv-SP Online: Você poderia contar um pouco da sua trajetória profissional? Como surgiu o interesse em trabalhar com as vendas no setor automotivo?

Raphael Almeida: Sou formado em Processamento de Dados e em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e trabalhei por praticamente seis anos na UAB Motors, primeiro como estagiário e depois como analista web pleno.

Nesse período, trabalhei com a integração de plataformas de CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente), BI (Inteligência Empresarial) e VRM (Gestão de Relacionamento com o Fornecedor) e pudemos desenvolver um bom projeto de vendas de carros pela internet, trabalhando com diversas marcas.

Também passei pela Collection Motors, concessionária Toyota, e pela Connect Parts, e-commerce de peças, sempre na área de Marketing, voltado para o varejo online e trabalhando no desenvolvimento de novos projetos, canais e estratégias de venda.

Além disso, também trabalhei como consultor da área para montadoras e concessionárias e foi assim que entrei na Comasa, grupo de concessionárias Volkswagen de Marília, onde atuo hoje como gerente de Marketing.

Sincodiv-SP Online: Quais são os principais objetivos da sua participação no curso de Vendas Web?

Raphael Almeida: O meu objetivo principal é mostrar que hoje falamos na internet com um público que respira com a rede e que está carente de concessionárias que atendam amplamente suas demandas e entenda seu comportamento online. Esse novo consumidor é imediatista, quer respostas rápidas e um atendimento diferenciado.

Nesse cenário, os vendedores precisam trabalhar de uma nova maneira. Não adianta querer apresentar as informações básicas do carro para esse comprador porque ele já tem acesso a todas elas com alguns cliques.

Esse é um cliente que vai comprar um automóvel já sabendo qual é o melhor modelo segundo tal revista, as especificidades do motor, onde ficam as concessionárias mais próximas, quais as condições básicas do financiamento, etc.

Dessa forma, os vendedores precisam aprender a atender as necessidades desse novo consumidor, prestando atenção aos detalhes e mostrando seus diferenciais como vendedor.

E com a diminuição do fluxo das lojas físicas, os vendedores precisam aproveitar, cada vez mais, as oportunidades que surgem pelas novas mídias e não podem mais agir como dois ou três anos atrás.

Sincodiv-SP Online: O que precisa ser feito para um vendedor “tradicional” começar a utilizar a internet para atingir um novo público?

Raphael Almeida: Precisamos quebrar esse paradigma e mostrar para esse vendedor que o mundo mudou e que o cliente da internet é essencial para suas vendas, tanto como absorção e conversão, quanto como uma prospecção futura.

Quem vem pela internet, por já ter acesso a informações mais específicas, busca por um “concierge”, um consultor de negócios. O vendedor deixa de ser um “tirador de pedidos” e passa a trabalhar com a “lapidação de diamantes”, processo que passa pela agilidade e qualidade de respostas, na disponibilidade em atender às demandas e dúvidas dos clientes, etc.

O público está migrando para a internet, então os vendedores precisam colocar em suas cabeças a ideia de que “aqui (no ambiente online) passam 400, 500 clientes todo dia”.

Imagine pegar 500 clientes que vêm pela internet e colocar em fila indiana na frente da concessionária? Não há nem como atender. Mas quando falamos do online, se você for rápido e atencioso, é possível atender muito mais clientes por dia. Claro que não os 500 de uma vez, mas trabalhando nessa lapidação, alcança-se um número muito mais alto que no universo físico.

Sincodiv-SP Online: Quais são os principais erros que as concessionárias cometem na conquista de seus clientes pela internet?

Raphael Almeida: O maior erro é deixar de fazer bem feito o trabalho na internet, que é a mesma coisa que arrumar seu showroom de qualquer jeito. Se você colocar um carro batido na frente da sua concessionária, o cliente não vai parar para entrar.

A internet é como a vitrine de um shopping. Às vezes, o cliente passou por ali para ver um modelo diferente ou o carro do seu concorrente, mas se ele bater o olho no seu carro bem exposto, com a informação clara e com o preço atrativo, ele vai mudar de ideia.

O showroom na internet precisa ter as fotos bem posicionadas e se mostrar como uma boa opção. Não se pode achar que pela internet acontecem mágicas, que é só tirar uma foto, colocar no portal e esquecer o assunto, é preciso trabalhar profissionalmente esse ambiente de negócios.

Sincodiv-SP Online: Qual é a importância das fotos e vídeos nos anúncios de carros na internet?

Raphael Almeida: Hoje, entendemos que a aquisição de um bem ultrapassa as fronteiras de um valor, já que o que atrai o interesse dele é a qualidade da informação transmitida, principalmente nos veículos usados, que são únicos e exigem mais detalhes nos anúncios.

Dessa maneira, a foto e o vídeo tomam proporções enormes, mesmo porque se a foto não for bem batida ou o vídeo bem filmado, o cliente não vai conseguir ver aquilo que quer ver – e os vendedores precisam trabalhar em cima daquilo que os consumidores querem comprar.

 

 

 

 

Edição e revisão:
Moraes & Mahlmeister Comunicação

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.