ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Reportagem
21/12/2015 - 16:49:53
Guia de anúncios – Parte III: Concessionárias devem analisar e definir os melhores portais e integradores
Por Matheus Medeiros e Renan De Simone
Sincodiv-SP/Sarro Comunicação

Em continuidade à série de reportagens sobre as melhores maneiras de anunciar veículos na web (as partes 1 - sobre a produção de fotos e vídeos - e 2 - sobre como descrever o veículo anunciado adequadamente - estão disponíveis no portal do Sincodiv-SP), nesta edição de final de ano vamos falar sobre os portais e integradores de anúncios online.

Rafael Cutait, consultor da área e professor do curso Vendas Web, promovido pelo Sindicato, destaca que é essencial os concessionários e vendedores saberem diversificar os investimentos de tempo e dinheiro em diferentes portais e canais de vendas online, sendo eles pagos – como WebMotors, iCarros e Mercado Livre – ou gratuitos – como OLX, Trovit e Folha –, além do próprio site da concessionária.

“Cada portal tem sua característica e o sucesso em cada um depende das marcas, segmentos, preços, etc. O mais importante é não focar todo seu trabalho em cima de apenas um portal, e saber usar os pontos positivos de cada um deles. Por isso, os integradores, que fornecem informações e preparam os anúncios em vários portais ao mesmo tempo, são cada vez mais usados e recomendados”, complementa o consultor.

Diversidade com olhar para assertividade

Para Raphael Almeida, gerente de Marketing do grupo Comasa, os concessionários de veículos precisam identificar seus interesses em anunciar seus produtos na internet, buscando mais assertividade no trabalho de vendas online.

“Em tese, o ideal é trabalhar com uma diversidade de portais, sempre buscando otimizar e trazer inteligência para o processo de vendas. Mas nunca se pode abrir mão da qualidade do atendimento, que precisa ser ágil, atencioso e detalhista. Dessa forma, caso uma concessionária não tenha uma equipe bem treinada e focada em vendas online, é melhor prezar pela qualidade do que pelo volume, anunciando em, no máximo, dois portais, pelo menos no início do trabalho”.

Na opinião do especialista em marketing digital, é difícil definir os portais que trazem mais resultado. “Tudo depende do tamanho da concessionária, do contexto das vendas e do trabalho do atendimento. Primeiro, é preciso fazer um estudo, no qual se olha para sua operação de vendas e para o trabalho dos portais, tentando entender e definir o investimento para as vendas online”, destaca.

Almeida explica que após esse estudo e a definição de um orçamento, deve-se determinar uma estratégia de vendas, que pode ser mais tímida ou agressiva. “É nessa estratégia que o concessionário precisa balancear a quantidade de anúncios e a demanda gerada, além de escolher com quais portais vai trabalhar e como será o desenvolvimento do seu próprio site de vendas”.

Integradores e ferramentas internas

É nesse contexto, de anunciar em diferentes portais, que a importância dos integradores de anúncios aumenta. “Hoje, é praticamente imprescindível que as concessionárias trabalhem com um integrador para anunciar, pelo menos em um portal e no seu próprio site. Existem, no mercado atual, cerca de 15 integradores com características diferentes. Por isso, é preciso estudar as ferramentas para descobrir qual atende melhor às suas necessidades”, comenta Almeida.

O gerente de Marketing explica que os integradores brasileiros possuem um grande problema: não conhecerem as reais necessidades dos vendedores e anunciantes.

“Todas as ferramentas que temos surgiram a partir da ideia de publicar anúncios na internet. Mas foi a partir das experiências de utilização que esses integradores foram se modificando e desenvolvendo. Ou seja, os integradores que temos foram se construindo a partir do ‘achismo’, e não entendendo o trabalho e as necessidades dos anunciantes”.

Raphael Almeida aponta uma possível solução desse problema para as grandes concessionárias do país. “Digo sempre que os grandes grupos de distribuição podem – e devem – trabalhar com uma equipe de desenvolvimento de sistema e de marketing digital para criar sua própria plataforma de integração e anúncio, que atenda a todas as suas particularidades de processo e necessidades”.

Já para as concessionárias pequenas e médias, a solução é estudar muito bem as ferramentas disponíveis. “Se eu tivesse de destacar alguns nomes de ferramentas que atendem bem aos lojistas e que não possuem um grande valor de investimento, citaria as ferramentas da Reweb; da Autoweb; da VMotors, que é da WebMotors; e da dS AutoEstoque. Essas quatro são fáceis de serem implementadas e administradas, além de não terem um custo muito elevado”.

Mudanças nas regras de negócio

O especialista também afirma que quem trabalha com anúncios de carros online deve estar sempre atento às mudanças de regras de negócio e nas atualizações dos portais e integradores.

“É preciso acompanhar essas mudanças e tentar achar as oportunidades dentro delas para melhor se posicionar, seja comprando anúncios prioritários, anunciando mais ou pulverizando mais informações”, destaca Almeida.

 

Produção e edição

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.