ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Entrevista
25/02/2016 - 09:45:37
Bate-papo com Saulo Vasconcelos, ator de musicais, cantor e professor de teatro musical. PARTE II
Por Renan De Simone e Juliana de Moraes
Sincodiv-SP/A. Freire As grandes produções do teatro musical foram incríveis para o cenário cultural paulistano, estimulando mais ainda a profissionalização dos atores e movimentando a economia, até influenciando o turismo

Sincodiv-SP Online: Atualmente, você é referência e atua no teatro musical, é cantor, professor de teatro e também de canto. Conte um pouco desse desenvolvimento de diversas atividades nas quais, em algumas, você é “a empresa”. Alguém te auxilia nisso?

Saulo Vasconcelos: Sempre tenho pessoas me ajudando. Para alguns trabalhos, principalmente quando ocorrem concomitantemente, recebo ajuda do meu empresário. Quando estava atuando em um musical ao mesmo tempo em que fazia um seriado na TV, dependia muito desse auxílio, que também foi importante durante a gravação do meu CD como cantor.

São as pessoas que fazem a diferença em nossas vidas. É essencial se rodear de pessoas boas e aproveitar o máximo de cada uma, pois além de te ajudarem diretamente, elas te inspiram.

Quanto ao trabalho de várias faces, tento aproveitar as oportunidades que aparecem e realizar as coisas que despertam aquela chama de empolgação, sabe? Podem dizer o que for, mas é a paixão que deve nos alimentar.

Além dos meus trabalhos como ator, também tenho paixão por lecionar, que é algo que faço desde a adolescência, quando dava aulas de reforço em diversas disciplinas como Matemática, Física, etc. Sempre gostei disso e ensinar teatro e canto é uma oportunidade de continuar satisfazendo esse desejo.

Como cantor, além do meu CD, recentemente, estou realizando o projeto Sharing Voices com o músico Léo Mancini. Nós dois (junto com a banda dele) fazemos apresentações bem próximas da plateia em casas noturnas e bares, cantando os grandes artistas que nos inspiraram. De Frank Sinatra até Michael Bublé, passando por Elvis Presley, por exemplo. Gosto desse trabalho porque me deixa mais próximo do público e também da minha família, que pode me acompanhar.

Sem contar o trabalho realizado com o Sesi-SP, voltado para educação de atores.

Sincodiv-SP Online: Que seria...

Saulo Vasconcelos: Recebi um convite com a oportunidade de trabalhar ao lado de grandes pessoas no desenvolvimento do primeiro Curso de Formação de Teatro Musical do Sesi-SP. Viajei para conhecer cerca de seis das maiores escolas de formação de teatro musical nos EUA e em Londres e preparar a grade do curso de três anos, e que está ativo desde o início de 2014, com belíssimos resultados.

Sincodiv-SP Online: De todas as atividades que desenvolve ou já desenvolveu – incluindo os trabalhos para a TV, óperas, musicais, aulas, etc. –, qual acredita ser o trabalho mais desafiador?

Saulo Vasconcelos: Do ponto de vista mercadológico, todos eles. Cada área tem sua dificuldade, mas em qualquer uma é complicado se projetar e alcançar notoriedade. É necessário empenho, talento, conexões e também sorte.

Mesmo depois de anos em uma área, como é o meu caso, a competição e as exigências são fortes. Na verdade, se você for conhecido, a exigência aumenta, a gente tem de provar nosso valor todos os dias.

Em relação ao mais desafiador do ponto de vista pessoal, são os próprios musicais. Levam muito tempo de preparação, ensaios e é preciso ser muito disciplinado fisicamente e psicologicamente. Isso, sem contar que nos dias em que as pessoas estão mais próximas de suas famílias são exatamente aqueles em que nós, atores, estamos longe, fazendo apresentações: nas noites de sexta-feira, por exemplo, e nos sábados e domingos.

Sincodiv-SP Online: O que é determinante para a construção profissional de um ator?

Saulo Vasconcelos: O estudo, a prática e a prontidão. É necessário criar musculatura na voz, desenvolver-se fisicamente, pensar no texto, na expressão, na poesia da mensagem, na dança. É preciso se expressar com o corpo todo e isso exige bastante.

É importante saber e executar, por isso o estudo é fundamental. Mesmo que não seja o estudo formal, deve-se ter o interesse em conhecer coisas novas, se atualizar e se reinventar. Além de ser preciso estar sempre pronto, pois nunca se sabe quando uma oportunidade vai surgir.

Sincodiv-SP Online: Quais os planos para 2016?

Saulo Vasconcelos: Quero dar continuidade ao Sharing Voices com o Léo Mancini, tentando levar as apresentações para novos circuitos e continuar o trabalho educacional, que foi meu foco no último semestre de 2015.

Além disso, estou sentindo saudade dos palcos já e pretendo me envolver com novos projetos os quais ainda estou decidindo entre três, mas não posso revelar os nomes (risos). Em um deles, inclusive, estou envolvido na parte de busca por patrocínio, fazendo reuniões para apresentar o projeto, desenvolvendo meu lado empreendedor de maneira mais intensa, o que é um novo mundo para mim, com novas dificuldades, frustrações e aprendizado.

O plano mais importante, porém, é curtir minha filha, que hoje está com quase um ano. Quero estar o mais próximo dela possível, pois ela me inspira. Tão pequena e já mudou até mesmo meu olhar sobre o mundo. Pessoas, não importando “o tamanho delas”, são transformadoras.

 

Produção e edição