ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Entrevista
01/09/2016 - 10:43:11
Bate-papo com Facundo Guerra, fundador do Grupo Vegas e inovador do entretenimento e da noite paulistana – PARTE II
Por Juliana de Moraes e Renan De Simone
Sincodiv-SP/A. Freire “Ganho menos do que grande parte dos meus colaboradores. A diferença entre o maior salário e o menor é pequena. O fator multiplicador não é maior do que cinco porque compreendemos que todos desempenham um papel fun

Sincodiv-SP Online: Vocês estão essencialmente ligados ao setor de serviços. E isso equivale a atuar em atendimento ao cliente. Como conduz os processos de contratação para seus negócios para garantir a qualidade dos serviços?

Facundo Guerra: Acreditamos muito na indicação feita por membros de nossas equipes e nos canais de comunicação que mantemos nas redes sociais, onde divulgamos nossas vagas.

Eu mesmo envio muitos currículos que recebo pelo Facebook. Divulgo as oportunidades em aberto em minha própria página, por exemplo. Para nosso projeto mais recente, de 10 pessoas que contratamos, três vieram de nossa página em rede social.

Aqui, a maioria dos meus colaboradores é considerada desajustada pelo mercado de trabalho na medida em que poucos conseguiram se colocar em modelos tradicionais de empresas. São pessoas que buscam realização, em vez de só trabalho.

Não gosto da palavra empoderar, mas a verdade é que confio nas pessoas com quem trabalho e acredito na seriedade de suas decisões. Os riscos, os ônus e os bônus são conjuntos, compartilhados entre todos.

Sincodiv-SP Online: Quais os valores que considera essenciais para que os profissionais façam, efetivamente, parte do time de seu grupo?

Facundo Guerra: As pessoas precisam reunir o básico, e que é tão raro (risos). Devem ser pessoas boas, honestas, saber respeitar o próximo, ter noções de educação e saber respeitar a diversidade que compõe a sociedade.

Além disso, devem amar o que fazem! Nosso projeto de trabalho é maior do que as atividades que exercemos em si, pois somos mais do que empresas, somos ambientes de convivência, somos parte da cidade, da comunidade.

Sincodiv-SP Online: Acredita e promove treinamentos?

Facundo Guerra: Nós fazemos treinamentos para cada casa, focados em funções específicas. Garçons, brigadas de segurança e profissionais na posição de barman recebem informações e participam de cursos para padronizarmos os conhecimentos e a postura em relação aos produtos, serviços e atendimento que queremos prestar ao público que frequenta as nossas casas.

Temos um manual em desenvolvimento (ainda), que é uma apresentação institucional sobre o Grupo Vegas. As pessoas contratadas são apresentadas à nossa filosofia, nossa maneira de pensar e viver o trabalho.

De qualquer forma, buscamos não sistematizar muito os procedimentos, mas apostar em pessoas que estão buscando uma formação profissional para que ensinemos (e aprendamos com elas também) a forma de trabalhar mais adequada, considerando todos os envolvimentos em nossa rede de relacionamento.

Sincodiv-SP Online: Como avalia o desenvolvimento de suas pessoas e justifica promoções?

Facundo Guerra: Todos os gestores de equipes que temos hoje são pessoas que começaram como garçons, por exemplo. Valorizamos nossas pessoas e as promoções aqui acontecem por meio da indicação interna porque acreditamos nos profissionais que contratamos e, assim, em geral os selecionamos para as funções de maior responsabilidade.

Nossa rotatividade é de cerca de 20% a 30% ao ano num universo de cerca de 400 profissionais. É um desafio a manutenção de talentos. É comum nossos profissionais serem convidados para cargos de coordenação em outros bares, por exemplo. Apesar disso, não abrimos mão desse esforço, de manter e desenvolver as pessoas.

Sincodiv-SP Online: Você adota políticas de reconhecimento para os colaboradores? Se sim, quais?

Facundo Guerra: Nosso lucro é praticamente todo reinvestido nas nossas casas, por isso não distribuímos dinheiro, mas premiamos com produtos do Grupo como forma de reconhecimento aos profissionais que se destacam em suas funções.

Como somos vários bares, restaurantes e boates, a premiação sempre será um jantar, uma refeição ou visita em casa noturna por conta do Grupo.

Sincodiv-SP Online: Em que medida acredita que os clientes percebem o atendimento como parte de toda a experiência de frequentar e consumir os produtos e serviços que podem ser encontrados em suas casas de entretenimento?

Facundo Guerra: Temos um padrão de serviço que é reconhecido pelos nossos clientes... Acredito que, na área de atendimento, alcançamos um patamar favorável, e estamos trabalhando para melhorar as equipes de cozinha, área em que compreendemos que há bastante a ser aprimorado.

Hoje, cerca de 50% de nossos clientes é gente que está voltando à casa. Já os outros 50% são pessoas que estão na primeira vista aos restaurantes, bares e casas noturnas.

Sincodiv-SP Online: Se pudesse dar alguma dica para concessionários de veículos no que diz respeito à gestão de suas pessoas, qual seria?

Facundo Guerra: Tratem seus colaboradores com o mesmo respeito que gostariam de receber.

Patrão e funcionário, muitas vezes, convivem diante de um abismo de distância. Como se não fossem iguais. Temos que tratar as pessoas com respeito. É uma questão da ética mais simples, mais básica. É uma orientação para que seja exercitada o tempo todo e por todas as pessoas.

Sou próximo de todos os nossos funcionários. Buscamos uma relação mais horizontal, até para tornar o convívio que temos com o trabalho algo agradável, porque é num ambiente descontraído e respeitoso que nos sentimos bem.

Sei – sabemos todos – que é difícil encontrar um lugar assim para se trabalhar. Valorizo pessoalmente e valorizamos todos (referindo-se às equipes do grupo). Isso explica boa parte de nosso “sucesso” até agora, já que nenhum projeto que começamos teve de ser encerrado por ser inviável como modelo de negócio.

 

Produção e edição