ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Reportagem
10/02/2017 - 17:07:22
Principal crise do país é de credibilidade e não econômica, destaca senador Ronaldo Caiado em palestra na Fenabrave
Por Matheus Medeiros e Renan De Simone
ASCOM/Ronaldo Caiado

Ronaldo Caiado, médico, produtor rural e senador (DEM-GO), esteve, em 09/02, na sede da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) para falar sobre os rumos da política brasileira e ressaltou a importância que o setor automotivo tem para o país, na geração de empregos e pela sua capilaridade no território.

Para ele, a principal crise vivida no país atualmente não está relacionada com a economia, mas sim com a credibilidade – ou a falta dela. "O Brasil já começa a mostrar sinais de recuperação econômica, mas só nos estabilizaremos quando resolvermos a crise de credibilidade pela qual estamos passando, quando solucionarmos a falta de autoridade moral do Estado."

Ele destaca que, apesar de a falta de confiança estar especialmente direcionada aos poderes públicos (Legislativo, Executivo e Judiciário), o setor privado também precisa trabalhar para recuperar parte de sua credibilidade. Isso porque os recentes escândalos revelados de corrupção apresentaram práticas irresponsáveis de algumas companhias do país, antes consideradas referências. Apesar de uma minoria de organizações, dentro do quadro nacional, ter participado dos esquemas, a imagem do setor privado também foi afetada.

Além disso, enfatiza Caiado, "nós vivemos, por muito tempo, momentos de irresponsabilidade fiscal, que dilaceraram a economia do país. Isso, aliado à corrupção em alguns setores específicos, acabou com a credibilidade do país." De acordo com o político, se conseguirmos resolver a questão moral, retomando a confiança que o Estado e o setor privado merecem, a crise econômica será completa e rapidamente ultrapassada.

Na opinião do senador, superar essa crise passará, invariavelmente, por atos de envolvimento e comprometimento. "É preciso ter coragem para enfrentar reformas que olhem para o futuro do país, como a da previdência e das leis trabalhistas. E, isso só será possível com o envolvimento das pessoas e das empresas na política, um comprometimento que temos visto nos últimos dois anos, em suas diferentes etapas: nas manifestações populares, nas campanhas, nas votações, nas formulações de políticas públicas, etc.".

Dentro desse contexto de ação constante e envolvimento, Caiado destacou a atuação da Fenabrave e a importância do setor de distribuição automotiva, que gera mais de 300 mil empregos e responde por 4,2% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional, atualmente - sendo que, até pouco tempo atrás, respondia por 5,4% desse número.

"Esse é um setor atuante e com um desempenho que abrange cada quadrante desse país. Desde 2015, por exemplo, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Distribuição de Veículos Automotores e da Mobilidade realiza um trabalho político impressionante e que só tem a crescer com o esforço que a categoria dispensa. É preciso seguir esse exemplo de envolvimento. Mudar o país exige atuação, vigilância e comprometimento", afirmou.

 

Produção e edição

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.