ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Reportagem
18/04/2017 - 09:14:41
Estratégia baseada em plataforma - e não produto - é a chave para sucesso na nova era industrial, destaca professor de Harvard
Por Matheus Medeiros e Renan De Simone
Divulgação Fiesp / Helcio Nagamine Sunil Gupta, professor da Harvard Business School.

Estamos vivendo uma nova revolução industrial – a quarta –, que vem tornando os negócios ainda mais complexos. Nessa nova fase, cientistas e engenheiros buscam soluções e sistemas para transformar ideias e utopias em tecnologias reais e produtivas para a rotina de empresas e pessoas.

Essa é a opinião de Sunil Gupta, professor da Harvard Business School, que esteve em São Paulo para palestrar em evento organizado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). De acordo com o especialista, uma das características mais marcantes dessa nova era industrial é a velocidade.

"O telefone, criado em 1876, demorou 89 anos para chegar a 150 milhões de usuários. Já o Whatsapp e o iPad, lançados em 2009 e 2010, respectivamente, demoraram apenas três. Se olharmos o WeChat, de 2011, vemos que em apenas um ano ele já alcançou um total de 150 milhões de usuários. Isso é incrível e prova a velocidade da adoção das novas tecnologias em nossa sociedade", destaca.

Estratégia baseada em plataforma

Esse novo cenário exige, explica o professor, que as companhias se adaptem, reimaginando seus negócios, mudando seu escopo e encontrando novas fontes (escondidas) de valor, desenvolvendo produtos como serviços e repensando-os como plataformas.

"A Amazon provavelmente é um dos maiores exemplos de sucesso disso. De uma empresa de e-commerce de livros, eles passaram a trabalhar com produção e distribuição de filmes, séries e documentários, criação de softwares, ser um potente motor de buscas e uma loja virtual de aplicativos, etc.".

Isso acontece porque a empresa conseguiu identificar suas principais qualidades – desenvolver tecnologia, logística e relacionamento com clientes – e buscar soluções (serviços e plataformas) necessárias para a rotina cotidiana que pudessem ser desenvolvidas a partir dessas.

Segundo o especialista, são as empresas que têm suas estratégias baseadas em plataformas que se destacarão no presente e no futuro. "Companhias que pensam em produtos buscam maximizar suas unidades de vendas, visando maior lucro e, por isso, possuem sistemas fechados, controlando toda sua operação. Já organizações que tenham sua estratégia baseadas em plataformas trabalham para construir redes de complementadores, a partir de sistemas de compartilhamentos e parceiros de gestão".

Construindo para o futuro e fortalecendo o núcleo

Para Gupta, um líder da nova era industrial (o líder digital) precisa trabalhar com foco em dois principais objetivos: construir para o futuro e fortalecer o núcleo, o que acontece a partir de um ciclo formado por quatro ações que visam definir os caminhos da empresa.

- "Reimaginar" o negócio, seu escopo, ecossistema e modelo;

- Reavaliar a cadeia de valor, delimitando ações de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), operações e distribuição;

- Reconectar com os consumidores, definindo ações de gerenciamento e engajamento;

- Reconstrução da organização, sua estrutura e capacidades.

"Com a tecnologia e a globalização, nós estamos o tempo todo falando de um mercado que sofre influência internacional. Há mudança acontecendo constantemente e precisamos nos adaptar a elas. A pergunta que devemos fazer é ‘onde e como encontramos as oportunidades de evoluir e se destacar?’", encerra o professor.

 

Produção e edição

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.