ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Reportagem
01/03/2018 - 17:34:44
Felicidade nas Empresas: ofereça experiências aos seus clientes e não apenas produtos
Por Renan De Simone e Juliana de Moraes
Banco de imagens Pixabay

A busca pela felicidade é tema de grande importância e basta uma olhada para as prateleiras das livrarias, títulos de filmes ou outras produções para termos a certeza de que é o que mais se busca atualmente. Assim, se queremos melhorar nossos negócios e ser atraentes, por que não implementar medidas que contribuam para a felicidade de nossos clientes?

Para dar alguns insights a esse respeito, chega a terceira e última parte do especial do Sincodiv-SP Online sobre Felicidade nas Empresas e a mestra em Neuromarketing pela Florida Christian University, Silvana Chmelyk Vallochi, é quem tratará do tema, falando de experiências diferenciadas e atendimento excelente ao cliente.

Ela é graduada em Comunicação Social - Relações Públicas com Extensão em Marketing Direto pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado) e possui Especialização em PNL (Programação Neurolinguística) pela Master Solution Institute e certificação pela Universidade Northwood (EUA) em Estratégia de Negócios para Concessionárias.

Comecemos pela casa

Com um mercado de distribuição de veículos modificado, o ambiente físico, muitas vezes, é mais impactante para o cliente do que o atendimento do vendedor, pois vale ressaltar que, hoje, praticamente todas as informações estão disponíveis na internet, incluindo vídeos no Youtube, comparativos entre modelos, valores do zero km e também simulações de financiamento e avaliação do usado.

De acordo com Silvana, dessa forma, "a proposta do concessionário deve estar bem focada em proporcionar, sim, ao cliente, conforto, tranquilidade, etc. Como, por exemplo, espaço kids, vending machines e também estacionamento, além, claro, de uma loja bem arejada, bem iluminada e limpa".

Em relação a iluminação, cores e decoração, a acadêmica faz propostas interessantes e afirma que a luz azul deixa o ambiente mais calmo e harmonioso, por exemplo, e tudo depende de qual é o seu público.

"A decoração deve ser leve para não chamar mais atenção do que os carros. Para compor o ambiente e agregar às vendas, é importante ter um carro com acessórios instalados e também "propagandas" dos serviços como seguro, financiamento e serviços da oficina".

Para a identidade visual interna, é muito importante fazer o cliente se sentir à vontade, utilizando placas indicativas do banheiro, oficina, saída, etc. personalizadas. "Em relação à identidade olfativa, a aromatização é uma ferramenta de marketing das mais eficazes, ainda mais quando esse aroma é exclusivo, principalmente nos banheiros", enfatiza ela.

E, para além do "cafezinho", o distribuidor pode oferecer pequenos doces, bebidas, Wi-Fi, tomadas e carregadores de celular, segundo Silvana. "Há opções também como TV com o recurso closed caption, sofá e cadeiras confortáveis, revistas do setor e os demais itens já citados, como espaço kids e vending machine". 

Ações de atratividade

Para atrair e conquistar o cliente, "as opções são infinitas", diz Silvana. Como pontua a consultora, tudo vai depender do investimento de cada concessionária.

Ela dá exemplos como: café da manhã na loja aos finais de semana; serviço de leva e traz para clientes da oficina; valet, caso tenha pouco espaço no estacionamento; brinde após realização de test-drive; eventos comemorativos ou ainda uma proposta de ponto de encontro, após as 18 horas, oferecendo bebidas como uísque, champanhe e petiscos às quintas e sextas-feiras. "Caso seja uma revenda de motocicletas, ela pode oferecer a lavagem do veículo ao lado de um bar estiloso, etc.".

Além das ações puramente presenciais, e levando em consideração a evolução e transformação do mercado, Silvana sugere que se faça também - além dos conhecidos anúncios, portais integradores e atendimento ágil e de qualidade - uma maior utilização da tecnologia, como a produção de filmes de demonstração dos veículos e seus possíveis acessórios e, se possível, com o uso de realidade virtual em 3D.

"É maximizando experiências que conquistaremos os clientes. Hoje, temos de oferecer mais do que apenas um ponto de vendas", encerra.

 

Confira também as outras matérias que compõem esse especial Felicidade nas Empresas:

Parte I: O que nossas empresas podem aprender com o modo Hygge dinamarquês de viver?

Parte II: Reconhecer o diferencial humano nas organizações é o desafio neste momento

 

Produção e edição

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.