ESQUECI MINHA SENHA >
Sincodiv
ÍNDICE SINCODIV-SP ONLINE
Seção Dados do setor
04/05/2020 - 17:27:08
Vendas de carros novos recuam 73,57% em abril e 25,17% no quadrimestre
Por Silvia Pimentel

O número de emplacamentos de veículos no mês de abril, consideradas todas as categorias (automóveis, comerciais leves, implementos rodoviários e motocicletas), sofreu queda de 73,57%, na comparação com igual mês de 2019. Em relação a março de 2020, o recuo foi de 64,04% e, no quadrimestre, houve queda de 25,17%.

Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que atribui os resultados negativos à inoperância da maior parte das concessionárias em decorrência da quarentena decretada pelos Estados para combater a pandemia do novo coronavírus.

Automóveis e comerciais leves

Na divisão por segmento, automóveis e comerciais leves apresentaram queda de 76,79% nas vendas em abril. No acumulado do quadrimestre, a retração foi de 27,13%.  

"Lamentavelmente, voltamos aos patamares de vendas registrados há 14 anos para automóveis e comerciais leves. Para o setor, em geral, retornamos aos volumes de 1992, ou seja, voltamos aos resultados de 28 anos atrás", aponta Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave.

Retorno às atividades

De acordo com Assumpção Júnior, as concessionárias de veículos encontram entraves para a retomada dos volumes anteriores à crise, como o número reduzido de estados onde as empresas estão autorizadas a operar 100%, ou seja, com vendas de veículos, além de peças e serviços de manutenção.

"Em estados onde a quarentena foi flexibilizada, como em Goiás, por exemplo, a queda do setor foi menor, tanto na comparação entre abril de 2020 e de 2019 (-47,8%), como no acumulado do ano (-6,7%)", informou o dirigente.

Nesse sentido, a entidade encaminhou ofícios a todos os Estados, solicitando a reabertura das concessionárias, ainda que de forma gradativa, nos municípios menos afetados pela pandemia.

No caso de São Paulo, o ofício foi assinado juntamente com o Sincodiv-SP, direcionado ao governador João Doria. As entidades também encaminharam carta ao presidente do Detran Paulo Roberto Falcão Ribeiro, solicitando a retomada no atendimento pelo órgão de trânsito.

 

Produção e edição

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário cadastrado.