Em março, negócios de usados têm queda de 8,75% sobre 2018
Por Juliana de Moraes e Mirella Freitas


Ao contrário do movimento verificado no segmento de veículos novos, em março deste ano, as transações de usados – somadas todas as categorias (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos) - apresentaram queda de 8,75% sobre igual período de 2018. Em relação a fevereiro deste ano, a baixa foi de 7,10%.

No trimestre, o setor ainda registra saldo positivo, com crescimento de 1,61%, de acordo com o levantamento realizado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Autos e comerciais leves

Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, as vendas em março foram 9,28% menores ante igual mês de 2018. A queda também ocorreu em relação a fevereiro deste ano, com retração de 7,69%.

No acumulado de janeiro a março deste ano, as vendas totais mantêm leve alta, de 0,78% sobre 2018, com os seminovos (de 1 a 3 anos de fabricação) representando 10,3% dos negócios realizados no período.

Segundo Alarico Assumpção Júnior, presidente da Federação, as compras de autos e comerciais usados são realizadas basicamente por pessoas físicas, grupo que ainda está em compasso de espera, aguardando sinais mais robustos sobre a situação econômica do país para, então, tomar decisões de consumo e de tomada de crédito.

Abaixo, confira o desempenho das vendas de usados por categoria em março de 2019:

undefined

 

Produção e edição

 

Voltar
...(omitted for brevity)...