Vendas de veículos novos fecham 2019 com alta de 10,48%
Por Silvia Pimentel e Juliana de Moraes


As vendas de veículos novos no acumulado de 2019, somadas todas as categorias (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), apresentaram alta de 10,48%. Os dados são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que projeta para 2020 aumento de 9,67% nas vendas.

Em todo 2019, foram vendidas 4.036.303 unidades, ante 3.653.297 registradas em 2018.  O bom desempenho nas vendas também foi verificado no mês de dezembro, com alta de 7,4% na comparação com novembro de 2018. Em relação a dezembro do ano anterior, quando foram licenciados 331.093 veículos, o crescimento foi de 12,04%.

Na análise de Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, o resultado do ano foi influenciado por uma somatória de fatores econômicos, como taxa de juros menor, queda nos índices de inadimplência e do desemprego, com reflexos no aumento da confiança do consumidor e empresário brasileiro. "Esse cenário impulsionou a oferta de crédito, o que deve continuar em 2020, por isso, confiamos em um novo ciclo de crescimento, ainda que moderado", ressalta.

Automóveis e comerciais leves

Na análise por segmento, as vendas de automóveis e comerciais leves apresentaram alta de 7,65% no acumulado de 2019. Ao todo, foram emplacadas 2.658.927 unidades, contra 2.470.005 no ano anterior.

Já no mês de dezembro de 2019, as 251.974 unidades licenciadas representaram crescimento de 9,12%, na comparação com novembro, e avanço de 12,07% sobre igual mês de 2018.

Previsões para 2020

Com a estabilidade econômica e a expectativa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), a Fenabrave acredita em um novo ciclo de crescimento das vendas de veículos para 2020, e projeta alta de 9,67% para o setor.

Acompanhe, a seguir, o desempenho e volumes projetados para o mercado de veículos brasileiro em 2020:

 

 

Produção e edição

 

Voltar
...(omitted for brevity)...